Nas Ruas

Qua, 27/11/2019 | Atualizado em: 27/11/2019 às 16h38


Nas Ruas

Temporal Cavado encharca a cidade de caos e prejuízos

Victor Castro*, Tainá Cristina* e Nicolas Melo
A+ A-

Salvador amanhece hoje com previsão de chuva intensa e ainda contabilizando estragos de ontem, quando a cidade passou o dia em nível de alerta máximo emitido pela Defesa Civil (Codesal). Choveu 169mm durante três horas, mais do que o previsto para todo o mês de novembro, cuja média é de 106,5 mm. Não houve registro de vítimas.

A chuva acima do previsto é decorrente de um fenômeno meteorológico conhecido como cavado, que intensificou a frente fria que se encontra sobre Salvador. O cenário foi de alagamentos, deslizamentos, desabamentos e congestionamentos que tomaram boa parte da capital.

Sirenes de alerta foram acionadas nos bairros com perigo de deslizamento de terra e pessoas foram orientadas a deixarem duas casas e se abrigarem em pontos de apoio cedidos pela Prefeitura, como escolas municipais. Foram registradas 463 ocorrências, entre as quais 175 alagamentos de imóvel, 11 alagamentos de área, 134 deslizamentos de terra, 18 desabamentos de muros, de acordo com o último boletim emitido pela Codesal por volta das 22h. As localidades com maior número de ocorrências foram Cabula/Tancredo Neves (105),Subúrbio/Ilhas (89) e Pau da Lima (73).

Muitas pessoas não conseguiram chegar ao trabalho, já que o transporte público sofreu com os transtornos na cidade. Na Av. ACM, o volume de água impediu a passagem dos carros e ônibus e pedestres chegaram a ficar ilhados em uma das passarelas da localidade. De acordo com a Transalvador, os locais mais críticos foram a Av. Juracy Magalhães Júnior e Av. Tancredo Neves, além das avenidas San Martin, Ogunjá e Jequitaia, que permaneceram com trânsito congestionado todo o dia. A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) informou que toda a frota de ônibus estava nas ruas, no entanto, grande parte não conseguiu circular. Muitas escolas e faculdades suspenderam as aulas.

* Sob a supervisão da jornalista Regina Bochicchio