Te Contei?

Ter, 19/11/2019 | Atualizado em: 19/11/2019 às 04h06


Te Contei?

Diggo aposta em voo solo Música 'Abaixa que é tiro' é dele

Allanilson Ribeiro*
A+ A-
br

O cantor e compositor Diggo lança novo projeto, com a música de trabalho "Sou Eu", acompanhada de clipe. É uma mistura de trap internacional, R&B e, claro, o pagode.

Você pode achar que não conhece o cantor, mas ele já é famoso na voz de grandes artistas da Bahia e do Brasil, como Léo Santana, Harmonia do Samba, Wesley Safadão etc. Ele é o compositor de músicas como "Abaixa que é tiro" (canção do Carnaval 2019), estourada na voz de Tony Salles (Parangolé). Ele também compôs "Hipnotizante" e a mais recente, "Contatinho" (Léo Santana feat Anitta), com quase 100 milhões de visualizações no YouTube.

Com um vasto currículo de sucesso com suas composições, o jovem Diggo decidiu mostrar agora a sua cara e a sua voz. Aos 23 anos, com experiência e bagagem, o cantor traz para o público um trabalho autoral e aposta na mistura de ritmos e suas influências musicais.

"O que a gente vai fazer é pegar o pagode, todos os pagodes, do Rio, São Paulo, Salvador, e juntar com essas influências. Vou juntando com reggaeton, com trap. 'Sou Eu' é assim, ela tem uma influência de um samba pop como Rodriguinho, que também é uma das minhas influências", afirmou o cantor.

Em entrevista ao jornal MASSA!, ele ressaltou qual é o estilo: "Não é um pagodão. Eu canto pagode. Pagode com muitas influências, mas ainda é pagode".

O cantor iniciou sua carreira aos 16 anos. Mas foi em 2017 que sua vida artística tomou outros rumos. "Eu componho com Ed Nobre e ele é um cara que já tem músicas na cidade, músicas famosas, então ele tem o contato direto com os caras. Componho com ele desde 2013 e a primeira música nossa que foi gravada foi em 2017, que foi 'Hipnotizou'", revelou.

* Sob a supervisão do jornalista Tiago Lemos