Tá Quente!

Ter, 22/10/2019 | Atualizado em: 22/10/2019 às 08h26


Tá Quente!

O LÌDER Gestão começa com 12 cortes

Estadão Conteúdo
A+ A-

Em seu primeiro ato como novo líder do PSL na Câmara, o deputado Eduardo Bolsonaro (SP) determinou o desligamento de todos os 12 vice-líderes do partido na Casa. Eduardo foi confirmado no cargo na manhã de ontem, após receber o apoio de 28 dos 53 parlamentares da legenda - a lista original tinha 29 nomes.

A maioria dos deputados que perdeu a função de vice-líder da sigla é da ala do partido ligada ao presidente da sigla, Luciano Bivar (PSL-PE). São eles: Dayane Pimentel (BA), Nicoletti (RR), Nereu Crispim (RS), Nelson Barbudo (MT), Júnior Bozzella (SP), Julian Lemos (PB), Joice Hasselmann (SP), Heitor Freire (CE), Felício Laterça (RJ), Coronel Tadeu (SP) e Charles Evangelista (MG). Também foi desligado da vice-liderança o deputado Daniel Silveira (RJ), responsável por gravar o então líder da legenda, deputado Delegado Waldir (PSL-GO), em uma reunião em que falava sobre "implodir" o presidente Jair Bolsonaro.