Plantão

Seg, 21/10/2019 | Atualizado em: 21/10/2019 às 08h30


Plantão

Homem mata ex para não dividir bens

Nicolas Melo
A+ A-

A marca de sangue ainda estava na frente da casa de número 45, onde Suse Bonfim Oliveira, 50 anos, foi assassinada, na madrugada de ontem, com golpes de faca deferidos pelo ex-companheiro Jorge Dias da Rocha. O crime aconteceu por volta de 1h, durante uma festa de aniversário que acontecia na rua São José, em Paripe, no Subúrbio Ferroviário de Salvador.

Moradores contaram que Suse foi surpreendida por Jorge, que estava armado com uma peixeira, no momento em que saia do imóvel. Ela foi atingida com vários golpes no braço, tórax e cabeça. Outros dois homens, que tentaram socorrer a vítima, também foram atingidos. Anderson dos Santos Costa, 34, e Átila Santos de Oliveira, 38, e Suse, foram encaminhados para o Hospital do Subúrbio (HS), mas a mulher não resistiu. "Eu já estava deitado em casa, quando ouvi os gritos das pessoas na rua dizendo 'matou, matou, ele matou'. Quando sai, encontrei Suse caída no chão, de barriga para cima", disse um popular, que preferiu não se identificar. Após o crime, Jorge, que já cumpria medida protetiva a favor da ex, fugiu e ainda não foi localizado.