Nas Ruas

Seg, 21/10/2019 | Atualizado em: 21/10/2019 às 08h30


Nas Ruas

Exemplo Solidariedade em movimento

gabriel conceição*
A+ A-
nalmassa.com.br

Em seu terceiro ano consecutivo, o Circuito Baiano de Baleado (CBB) atraiu, na manhã de ontem, um grande público para a Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), em Piatã. Reunindo cerca de 1.500 pessoas e arrecadando duas toneladas de alimentos, o evento já entrou na graça do público, assim como essa nova modalidade, que tem conquistado cada vez mais os baianos.

De acordo com Joseane Santana, de 50 anos, umas das organizadoras do evento, diferente dos últimos anos, onde apenas alimentos foram arrecadados no dia da competição, o Circuito também promoveu a conscientização sobre a importância da doação de sangue e de medula óssea.

O espectadores doaram 2 kg de alimentos não perecíveis para ter acesso ao evento.

"O baleado é um esporte que, a cada ano, vem crescendo, sendo uma modalidade esportiva diferente, já que ele começou a partir de uma brincadeira e vem se transformando. Portanto, sempre tivemos essa vontade de fazer o circuito em Salvador, porém, queríamos trazer um algo a mais que não fosse apenas jogos de baleados e conseguimos. Nos últimos dois anos arrecadamos cerca de três toneladas e neste ano incrementamos essa campanha maravilhosa em parceria com o Hemoba", contou.

A competição reuniu 26 equipes do interior e da capital, nas modalidades feminino e masculino. O montante arrecadado foi destinado ao Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC-BA) e o Núcleo de Apoio à Criança com Câncer (Nacc).

* Sob a supervisão da editora Kenna Martins