Plantão

Ter, 15/10/2019 | Atualizado em: 15/10/2019 às 08h14


Plantão

Matou enteado de 4 anos a facadas

leo moreira
A+ A-

Foi enterrado na tarde ontem, no cemitério Jardim da Saudade, em Salvador, o corpo de Miguel Martins Pita Costa, 4 anos, morto no sábado (12) pelo padrasto. Segundo a Polícia Civil, Edilton Araújo Andrade Júnior foi preso em flagrante após assassinar o enteado com 20 facadas e golpear a namorada, Manoela Silva Costa Martins, 29, oito vezes, além de se ferir na região do abdômen e pular da janela, em Santo Antônio de Jesus.

Manoela, mãe de Miguel, foi socorrida para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus e, depois, transferida para o Hospital do Subúrbio, em Salvador.

Já Edilton, que também havia sido levado para a mesma unidade hospitalar, recebeu alta, ontem, e teve seu mandado de prisão preventivo cumprido.

Segundo Adilson Bezerra, titular da 4ª Coorpin (SAJ), Edilton, orientado pelo advogado, se recusou a responder às perguntas, na tarde de ontem, mas, no domingo (13), ele revelou ter esfaqueado a criança porque ela estava chorando. "Ele falava baixo e pausado, mas com concatenação das ideias, seguindo uma lógica dos acontecimentos. Sem demonstrar remorso, diria de maneira até fria, disse que tentou matar a sua companheira porque ela estaria lhe traindo. Quanto à criança, afirmou que desferiu vários golpes de faca porque ela estava chorando muito", explicou o delegado.