Plantão

Ter, 08/10/2019 | Atualizado em: 08/10/2019 às 07h58


Plantão

Pesadelo Marteladas pra matar

Nicolas Melo
A+ A-

Ana Cláudia Santos Cerqueira, 31 anos, dormia quando foi atingida na cabeça com golpes de martelo na madrugada de domingo (6). O agressor é o companheiro dela, Lázaro Moreira da Cruz, 55, que afirma ter cometido o crime após receber uma 'revelação' em que a mulher o matava para ficar com a casa dele. O caso aconteceu por volta das 4h, na 2ª Travessa Emídio Pio, no bairro Nordeste de Amaralina.

"Acordei com ele em cima de mim, me golpeando. Minha visão ficou escura na hora, mas acredito que depois de umas quatro marteladas eu consegui tomar o objeto da mão dele. No momento, eu só pensava em fugir", relembrou a vítima, que, para escapar da morte, pulou a janela do quarto no primeiro andar da casa, andou sobre um telhado e pulou para o chão. "Eu corri para uma vizinha. Ela e o marido me socorreram", concluiu. Ana foi levada para o Hospital Geral do Estado (HGE).

"Um dos golpes acertou a minha testa e outro a minha boca. Meu dente não quebrou, mas saiu do lugar", contou Ana Cláudia, acrescentando que só percebeu que a cabeça estava partida já no hospital. A vítima também apresentava arranhões no braço e na perna esquerda, um corte no lado direito da face, além do lábio superior inchado.