Plantão

Qua, 02/10/2019 | Atualizado em: 02/10/2019 às 07h45


Plantão

Homem é alvo da maldade de traficas

Nicolas Melo
A+ A-

As lojas fechadas e o silêncio na rua Direta de Jaguaribe, em Fazenda Grande II, na manhã de ontem, sinalizavam a morte do técnico de refrigeração, Gildásio Félix de Souza, 48 anos. Ele foi assassinado com três tiros na cabeça, na noite de segunda-feira (30), dentro da oficina onde trabalhava. A motivação ainda é um mistério tanto para família quanto para amigos e conhecidos. "Era umas 18h30 quando eu o vi tirando geladeiras de cima do veículo. O filho dele estava na hora, mas ouvi ele dizer ao pai que ia em casa. Do nada ouvi os disparos. Por pouco o filho não morreu também. Estamos todos sem entender o que aconteceu. O senhor Gildásio era muito conhecido e querido por muita gente aqui", lamentou uma jovem, que não quis se identificar.

Familiares não foi localizados para comentar sobre o ocorrido. Segundo uma vizinha, sob anonimato, a esposa da vítima estava sob efeito de sedativos.