Plantão

Qui, 26/09/2019 | Atualizado em: 26/09/2019 às 07h31


Plantão

Taxistas Assaltos são dura rotina

Nicolas Melo
A+ A-

Dados levantados pela Associação Geral dos Taxistas (AGT) e fornecidos com exclusividade ao MASSA! indicam que a média de assaltos contra taxistas em Salvador é de um roubo por dia em 2019. De janeiro até ontem (25), foram contabilizados pela categoria 275 casos na capital baiana. Desse número, 201 vítimas registraram boletim de ocorrência.

Conforme o levantamento, houve um aumento dos casos em 2019, se comparado ao mesmo período dos dois anos anteriores – sendo 247 em 2017 e 268 em 2018.

Segundo Denis Paim, presidente da AGT, o último crime foi cometido ontem de madrugada, em Canabrava. "O colega pegou a corrida na Boca do Rio, em frente ao antigo Aeroclube, para Canabrava. Chegou lá, um casal levou celular, dinheiro, levou tudo", relatou Paim. Não há informações se a queixa foi registrada.

Na segunda-feira (23), o mesmo casal pediu uma corrida em Pituaçu para Narandiba. Quando eles se aproximaram da Coelba, já perto do Doron, o assalto foi anunciado. O taxista perdeu o celular, o relógio e R$ 216.

Na terça (24), o crime foi cometido no percurso entre o Engenho Velho de Brotas e a Cruz da Redenção, em Brotas. O motorista teve roubados pelo casal um celular e R$ 150.

A dupla teria cometido outros 18 crimes contra motoristas de táxi. "Ele já é conhecido nosso. Temos a informação de que ele mora no Engenho Velho de Brotas é conhecido por lá como Camarão", revelou Paim.