Esporte

Qua, 11/09/2019 | Atualizado em: 11/09/2019 às 08h38


Esporte

Casa nova Foco total para ir bem na Arena

everton santos*
A+ A-

O Vitória inicia neste sábado sua jornada como mandante na Arena Fonte Nova e precisa focar para superar os desafios da nova casa. Isso porque a mudança de mando de campo poderá trazer situações que sejam favoráveis ou não ao clube.

Um dos principais pontos positivos no contrato com o estádio está no dinheiro que o clube irá receber. Com os cofres ‘sangrando’ e atrasos de salários, o Leão terá um valor garantido mensalmente para atuar no local.

Outro fator importante é a localização. Em 2015, quando o Rubro-Negro passou a mandar seus jogos da Série B na Arena, a média de público saltou de quase 10 mil torcedores no Barradão para 25 mil na Fonte demonstrando que o fato do estádio ser localizado no centro de Salvador atrai mais torcida.

A parte negativa pode estar na adaptação e na qualidade do gramado, que foi alvo de críticas durante a Copa América, principalmente, por conta dos eventos que acontecem no local. Além disso, os treinos do time permanecerão no Barradão o que pode dificultar a ‘acomodação’.

No entanto, mesmo com as dificuldades, o zagueiro Everton Sena espera uma rápída adaptação à Fonte. “Acredito que na Arena é um gramado mais ralo, mais baixo, temos que nos adaptar. Quando vai jogar fora, a gente se adapta bem rápido à situação do gramado. Creio que não vai ser novidade. Vai ser bom a gente jogar na Arena”, vislumbrou o jogador em coletiva ontem.

O xerifão rubro-negro ainda aproveitou para convocar a torcida para encher o estádio já na estreia no local diante do Guarani, neste fim de semana. “Aproveitando a oportunidade, convoco os torcedores para ir lá e nos incentivar”, pediu o zagueirão.

*Sob a supervisão doeditor Léo Santana