Viver Bem

Qua, 11/09/2019 | Atualizado em: 11/09/2019 às 08h38


Viver Bem

Homens também têm corrimento

gabriel conceição*
A+ A-
almassa.com.br

Ao contrário do que muitos pensam, não é somente as mulheres que apresentam quadros de corrimento na região íntima. Os homens também podem ter esse tipo de secreção.

Classificado como normal, o corrimento pode surgir por diversos fatores naturais, como excitação sexual, esforço ao defecar e até mesmo antes de urinar, quando costuma ter uma cor transparente.

No entanto, a saída de líquido incomum do pênis pode ser sinal de uma infecção ou inflamação no canal urinário, conhecida como uretrite. Também existe a possibilidade da contaminação por infecção sexualmente transmissível (IST), que pode ocorrer por meio de relação sexual vaginal ou anal sem o uso de preservativo. As principais são gonorreia e clamídia.

“Na uretrite, o corrimento se caracteriza por uma secreção amarelada, que vem em grandes quantidades e com mau cheiro. Às vezes, ela é acompanhada de dor ao urinar. Na gonorreia, o corrimento também é amarelado, mas tem uma textura de pus”, explicou o urologista Augusto Basílio.

Contudo, o corrimento no pênis pode ter outras causas, como alterações anatômicas, irritação química ou até mesmo tumores.

“Se você percebeu algo incomum saindo do seu pênis, procure um urologista para ele poder averiguar se o corrimento peniano é natural ou proveniente de alguma infecção ou bactéria. O ideal é fazer exames de rotina, o que pode detectar um problema de forma precoce, possibilitando um tratamento mais eficaz”, aconselhou o urologista Augusto Basílio.

*Sob a supervisão do jornalista Tiago Lemos