Nas Ruas

Qua, 04/09/2019 | Atualizado em: 04/09/2019 às 04h04


Nas Ruas

Galera 'devora' baleia encalhada em Coutos

Márcio Walter Machado*
A+ A-

"Foi uma multidão descendo até a praia na sexta-feira. Gente com peixeira do lado e balde na mão. Teve gente subindo isso aqui tudo com o carrinho de mão cheio de carne e gordura", contou uma moradora do bairro de Coutos, no Subúrbio Ferroviário, sobre o destino da baleia jubarte que morreu após encalhar na praia de Coutos na última sexta-feira, 30.

Segundo o açougueiro, que pediu para não ser identificado, na noite do dia 31, vários populares desceram à praia "para cair matando, tirando os pedaços da baleia". "Me pediram e eu tirei as partes pra eles, pedaços de 20, 30 kg. Foi muita gente. Teve até quem desse mais de duas viagens", contou.

O infectologista Adriano Oliveira alerta que o consumo da carne da baleia encalhada é perigoso, uma vez que há a possibilidade do animal ter morrido por alguma doença e ter agentes infecciosos que possam atingir seres humanos e animais.

* Sob a supervisão da editora Meire Oliveira