Esporte

Qua, 04/09/2019 | Atualizado em: 04/09/2019 às 04h04


Esporte

Tempo obriga Brasil a treinar em escola

Da Redação
A+ A-

Mais uma vez os efeitos do furacão Dorian atrapalharam os planos da Seleção Brasileira. Como muitos dos campos abertos de Miami foram fechados como prevenção para a chegada do fenômeno climático, a CBF teve de negociar com um local mais distante do hotel, na escola Palmer Trinity.

Neymar, que não joga desde junho, quando se lesionou em um amistoso preparatório para a Copa América, fez parte da atividade, que não teve times titular e reserva como habitual. A primeira equipe foi formada por Ivan, Daniel, Marquinhos, Samir, Jorge, Allan, Igor, Bruno Henrique, David Neres e Neymar. A outra teve Ederson, Lucas Freitas, Militão, Thiago Silva, Alex Sandro, Fabinho, Arthur, Coutinho, Vinicius Júnior e Paquetá. Roberto Firmino atuou nas duas equipes, entrando e saindo, enquanto Richarlison, Casemiro e Fagner fizeram apenas um trabalho físico ao redor do gramado.

Em entrevista coletiva, Vinícius disse que "nem nos melhores sonhos" esperava chegar à Seleção e ao Real com 19 anos. "Fico feliz de estar aqui com grandes jogadores e realizar esse sonho. Quero entrar com a cabeça tranquila no jogo para fazer minha estreia", declarou a revelação.