Nas Ruas

Seg, 02/09/2019 | Atualizado em: 02/09/2019 às 04h04


Nas Ruas

Evento consolida a influência japonesa

Pedro Moraes*
A+ A-

A 13ª edição do Festival da Cultura Japonesa de Salvador chegou ao fim, ontem. Após três dias com a presença dos soteropolitanos no Parque de Exposições, o evento, que teve como tema "Longevidade", ofereceu a mais de 45 mil pessoas, segundo os organizadores, uma programação diversificada.

Além de apresentações musicais e de artes marcais, o público apreciou comidas japonesas, oficinas culturais e toda riqueza de uma cultura cada vez mais presente na Bahia.

"Entendemos que os soteropolitanos admiram muito a nossa cultura. Este foi o maior incentivo para a realização do festival. Ano passado, chegamos a 45 mil pessoas durante os dias da festa. Então, essa admiração que os baianos têm pela cultura japonesa é que faz com que nos empolguemos cada vez mais para fazermos ele. É um momento único para que eles conheçam um pouco mais da cultura", disse a presidente da Associação Cultural Nippo-Brasileira de Salvador (Anisa), Lika Kawano.

O recepcionista Denilson Lemos, 39, sempre marca presença por causa do cosplay. "Espero o ano inteiro só para fazer cosplay e conhecer gente nova", revelou Lemos, que fez cosplay de Superman.

* Sob a supervisão do jornalista Tiago Lemos