Viver Bem

Seg, 26/08/2019 | Atualizado em: 26/08/2019 às 04h03


Viver Bem

Não deixe seu pet perder a forma

gabriel conceiç ão*
A+ A-

Cães e gatos gordinhos podem parecer fofos, felizes e relaxados. No entanto, a obesidade dos pets pode ser fatal. De acordo com a pesquisa feita pela Mars Petcare, cerca de 59% dos cães e 52% dos gatos no mundo sofrem com o sobrepeso e suas consequências, pois além de prejudicar a qualidade de vida desses animais, diminui drasticamente as chances deles viverem por muitos anos.

"Donos que não costumam sair com seus pets para brincar ou passear na rua, ou colocam eles em um hábito ruim de alimentação, estão tornando seus animais obesos e propensos a diversas doenças, como diabetes, dermatopatias, doenças cardiorrespiratórias e diversas outras patologias", alertou a veterinária Rayana Araújo.

Outro grande vilão para a saúde dos animais é a comida humana, como pizza, chocolate - que é altamente perigoso- biscoitos e pães. Essa prática, que por muitas vezes os donos acham que estão fazendo seu pet feliz, gera um prejuízo grave ao animal.

A manutenção do peso adequado do seu bichinho de estimação começa na alimentação saudável.

"Se você estiver percebendo seu pet mais preguiçoso e com uma barriguinha saliente, comece comprando um brinquedo que estimule seu corpo, algo que ele possar correr atrás. Se for um cão, saia para correr e brincar. Depois disso, leve ao veterinário, para, assim, lhe instruir uma melhor alimentação", aconselhou a veterinária.

A obesidade deve ser encarada como uma doença crônica, que acarreta prejuízos à saúde e a longevidade dos pacientes caninos e felinos. A conscientização dos donos é de extrema importância na prevenção e no tratamento dessa patologia. Um acompanhamento profissional é de extrema importância.

* Sob a supervisão da editora Kenna Martins