Tá Quente!

Qua, 14/08/2019 | Atualizado em: 14/08/2019 às 04h04


Tá Quente!

Unanimidade Alexandre Frota é expulso do Partido Social Liberal

Raul Aguilar
A+ A-

O Partido Social Liberal (PSL) decidiu ontem, por unanimidade, expulsar o deputado federal Alexandre Frota (PSL) da sigla.

O fim do romance do partido com o ex-ator e ativista político começou em março, quando Frota pediu à prisão do , ex-motorista do senador Flávio Bolsonaro (PSL), Fabrício Queiroz, suspeito de movimentar valores de maneira 'atípica' em sua conta. O deputado também sugeriu que Eduardo Bolsonaro se afastasse do cargo para se defender das acusações de participação no esquema.

Em junho, após saber da retirada de Pedro Peixoto, sua indicação para a Secretaria de Audiovisual do Ministério da Cidadania, o deputado mandou um áudio acusando o presidente Jair Bolsonaro (PSL), o ministro da Cidadania, Osmar Terra, e o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, de praticarem toma lá, dá cá com a secretaria.

Em julho, Frota deu uma entrevista à revista Época afirmando que o presidente Jair Bolsonaro era sua maior decepção na vida política. A abstenção na segunda votação da reforma da Previdência na Câmara, na semana passada, foi a gota d'água para a expulsão.