Esporte

Seg, 12/08/2019 | Atualizado em: 12/08/2019 às 04h03


Esporte

Brasil triunfal Delegação brasileira é super efetiva no Pan

PEDRO MORAES*
A+ A-

Os Jogos Pan-Americanos de Lima foram encerrados ontem (11), no Peru, em um evento multiesportivo que foi realizado desde o dia 26 de julho e teve a participação de 6 mil atletas de 41 países. Com o encerramento desta edição das competições, muitas delegações comemoraram com festa os resultados obtidos nas disputas. Uma delas é a comitiva brasileira.

O Brasil, com pouco menos de 500 atletas, finalizou sua atuação quebrando recordes: o primeiro foi a conquista do maior número de medalhas na história. Foram 171 no total, 14 a mais do que a marca anterior; o segundo se caracterizou pela conquista de 55 medalhas de ouro, três a mais que nos Jogos do Pan de 2007, realizado no Rio de Janeiro; e, por fim, a delegação do Brasil fechou a sua participação no Pan-Americano de Lima em segundo lugar no quadro geral de medalhas, atrás somente dos Estados Unidos.

Dentre as medalhas conquistadas pelo Brasil, 55 foram de ouro, 45 de prata e 71 de bronze. Este resultado também confirmou pelo Pan, vagas em modalidades como handebol, hipismo e tênis de mesa nas Olimpíadas de 2020, em Tóquio.

O carro chefe da delegação brasileira foi a natação. As provas nas piscinas de Lima resultaram em 10 medalhas de ouro, num total de 30 medalhas.

Líderes da competição, os EUA mantiveram a soberania nos Jogos Pan-Americanos. Com 293 medalhas, o primeiro lugar representou a 16ª vez em 18 Pans que os norte-americanos ficaram na liderança.

*Sob a supervisão doeditor Léo Santana