Nas Ruas

Sáb, 20/07/2019 | Atualizado em: 20/07/2019 às 13h49


Nas Ruas

Parceria firmada para celebrar a canonização

Márcio Walter Machado*
A+ A-

A Arena Fonte Nova sediará, no dia 20 de outubro, a missa festiva para celebrar a canonização de Irmã Dulce, conforme termo de parceria para a concessão do uso do estádio assinado, ontem, pela superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), Maria Rita Pontes, e o presidente da Arena, Dênio Cidreira.

Segundo Cidreira, o intuito, em 2019, é que o número dos projetos aumente gradativamente. "Nós já éramos abençoados por Irmã Dulce, agora seremos abençoados por Santa Dulce dos Pobres", afirmou Dênio Cidreira.

A cerimônia oficial de canonização ocorrerá no dia 13 de outubro, às 10h, no Vaticano, sete dias antes do evento que acontecerá em Salvador.

A expectativa é que a celebração na capital baiana reúna mais de 50 mil pessoas, por sua centralidade e acessibilidade, conforme pontuou Maria Rita.

"O local escolhido não poderia ser melhor, porque é um espaço já conhecido e que oferece segurança e conforto. Além disso, há a possibilidade de que todos possam vir e apreciar a missa e o espetáculo que a antecede, o qual as crianças vêm preparando antes mesmo do anúncio da canonização", destacou a superintendente da OSID.

Segundo divulgado na coletiva, 500 alunos do Centro Educacional Santo Antônio encenarão a peça "O Império do Amor", que relata o exemplo de vida de Irmã Dulce. "Ela foi uma pessoa totalmente voltada para os outros, sendo uma mão que ajuda, unindo e motivando pessoas", disse o arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger.