Esporte

Sáb, 20/07/2019 | Atualizado em: 20/07/2019 às 13h49


Esporte

Argélia chuta só uma vez e leva Copa Africana

Da Redação
A+ A-

Em um jogo que mostrou quão inusitado pode ser o futebol, a Argélia conquistou a Copa Africana de Nações ao derrotar Senegal por 1 a 0, ontem, no Cairo, capital do Egito.

Logo aos 2 minutos, Bounedjah chutou de fora da área e a bola desviou em Sané, matando o goleiro Gomis. Depois de marcar, a Argélia até tentou povoar o campo do adversário, mas esbarrou na falta de qualidade dos seus passes. Senegal passou a levar perigo, sobretudo em jogadas de bola parada. Além disso, pressionava a Argélia no campo de defesa, o que gerava erros e retomada de posse.

Na segunda etapa, Senegal passou a acionar Sadio Mané, do Liverpool, ainda mais. E o craque foi quem comandou as melhores investidas ofensivas de sua equipe, muitas vezes esbarrando na deficiência técnica do atacante Niang.

A maior esperança senegalesa foi em um pênalti aos 15 do 2º tempo. Sarr cruzou e a bola bateu no braço de Guedioura. Depois de consultar o VAR, porém, o árbitro mudou de ideia. Senegal seguiu a pressão em busca do empate, mas acabou perdendo o título para um adversário que só chutou uma bola a gol em toda a partida.