Viver Bem

Qui, 18/07/2019 | Atualizado em: 18/07/2019 às 08h00


Viver Bem

Café antes do treino pode?

gabriel conceição*
A+ A-
nalmassa.com.br

O café, seja preto, com leite ou descafeinado, é a bebida matinal preferida de diversas pessoas. O seu consumo regular traz inúmeros benefícios à saúde, pois o café contém substâncias e propriedades que estimulam o sistema nervoso, ajudando a manter o poder de concentração. A bebida também tem poder antioxidante, que colabora com a redução dos índices de risco de doenças como o diabetes.

Além disso, a cafeína também estaria associada à diminuição das dores musculares pós-atividade física e ao metabolismo, auxiliando na queima da gordura corporal.

No entanto, por ser uma bebida estimulante e termogênica, várias pessoas fazem o seu uso no pré-treino. Essa prática é perigosa e pode colocar a saúde da pessoa em risco.

Uma recente pesquisa realizada na Unifesp de Marília, no interior do estado de São Paulo, mostrou que o café pode ser bastante prejudicial se tomado antes das atividades físicas, o que pode levar a paradas cardíacas e até ao infarto.

" Os malefícios do café antes dos treinos dependerá do quadro de saúde de cada indivíduo, pois se o paciente tiver hipertensão, arritmia e/ou insuficiência cardíaca (não tratados), o consumo do café ou de qualquer outro estimulante pode ser altamente prejudicial. Então, se a pessoa estiver em algumas dessas situações, o consumo do café não é recomendado", disse a cardiologista Lorena Villas Boas.

Para os praticantes de atividades físicas e atletas com os exames em dia e corações saudáveis, a opção do consumo do café no pré-treino pode ser recomendada. Mas, para aqueles que pretendem iniciar uma atividade física, o ideal é realizar um check-up para avaliar o coração e a sua capacidade de realizar o esforço físico.

*Sob a supervisão do jornalista Tiago Lemos