Esporte

Qua, 17/07/2019 | Atualizado em: 17/07/2019 às 09h44


Esporte

PRA CALAR OS DESCONFIADOS

Felipe Paranhos
A+ A-

Queira ou não, para o resto do país, o Bahia é a grande surpresa da Copa do Brasil. Único time fora do Sul e do Sudeste nas quartas de finais do torneio, o Esquadrão está perto de arrancar mais um gigante da competição e garantir sua vaga na semifinal. Basta um triunfo contra o Grêmio na Arena Fonte Nova, hoje, às 19h15, para calar os que ainda desconfiam da força do Tricolor.

Afinal, quem vai manter o preconceito com o Baêa se o time derrubar mais um favorito? O possível impacto de um triunfo em todo o resto da temporada já empolga a torcida, que vai lotar a Arena. Durante entrevista coletiva ontem, no Fazendão, o técnico Roger Machado ressaltou a importância das arquibancadas na dura missão de hoje.

"Mais de 40 mil. Lindo ouvir isso. Mais de 40 mil vozes, corpos e almas ajudando. Isso motiva o profissional a estar cada dia trabalhando para dar alegria ao torcedor (...) A vantagem que acredito ter é poder trabalhar bem os nossos atletas no dia a dia, poder passar confiança para eles, passar a notícia que teremos 40 mil torcedores nos incentivando, saber que podemos fazer história", declarou o treinador.

O clima é tão bom que até Nino Paraíba, que saiu carregado da Arena do Grêmio na semana passada, já está treinando fisicamente e pode ser relacionado para o jogo. Empolgado com a rápida recuperação, Roger chamou o lateral-direito de 'Supernino'.

"Assustou a gente em Porto Alegre pelo mecanismo de trauma, foi uma entorse. E uma semana depois, dependendo de como se comporte hoje [ontem], estará à disposição. É um jogador 110% comprometido com o clube", elogiou.

O treinador não revelou com que time pretende entrar em campo, mas contou quais são as diretrizes para tentar anular o Grêmio na Fonte: "Dobrar a marcação, impedir as infiltrações e impedir o preenchimento de área quando chega na linha de fundo." Hoje à noite saberemos se as orientações vão mesmo vingar.