Esporte

Qua, 10/07/2019 | Atualizado em: 10/07/2019 às 07h42


Esporte

Cada vez mais na lanterna

everton santos*
A+ A-

Após quase um mês longe da torcida, o Vitória voltou a fazer uma partida oficial ontem. Mas o reecontro com a torcida não foi feliz. O Leão foi derrotado no Barradão pelo Cuiabá por 1 a 0 e permanece na lanterna da Série B do Brasileirão com apenas quatro pontos.

O técnico Osmar Loss surpreendeu e escalou Martín Rodríguez, Chiquinho e Baraka, reforços que chegaram na parada para a Copa América, entre os titulares. E o Rubro-Negro começou a partida querendo deixar para trás toda a má impressão deixada no primeiro semestre. Mas ficou só no desejo. Apesar de ter mais volume de jogo e de ter pedido um penâlti em Anselmo Ramon aos 12 minutos, o time baiano passou boa parte do primeiro tempo no campo de ataque do adversário, porém sem efetividade.

Atacando muito pelo lado direito e vendo Felipe Gedoz se movimentar bastante, o Vitória insistiu em bolas alçadas na área. Mas se a jogada não dava certo para o Leão, o mesmo não se pode dizer do Cuiabá. Na primeira finalização da equipe, aos 37 minutos ainda do primeiro tempo, Marciel foi frouxo na marcação, Anderson Conceição subiu mais alto que a zaga e cabeceou firme para o gol, sem chances para o arqueiro rubro-negro.

Logo no intervalo, mesmo precisando do resultado e com o Cuiabá jogando atrás, Loss preferiu fazer uma mudança de atacantes, sacou Marcelo e colocou Wesley no jogo. A troca não fez efeito no Leão, que continuava tentando atacar pelas laterais, dessa vez com Chiquinho um pouco mais presente, mas com um meio campo que pouco produzia. Muito em função da atuação apagada de Ruy.

Aos oito minutos, o treinador se viu obrigado a fazer mais uma substituição. Sem condições de permanecer na partida, Zé Ivaldo deu lugar a Ramon na zaga, que foi durante boa parte do segunda etapa um mero espectador da partida, já que os visitantes só chegaram ao ataque aos 23 minutos sem muito perigo.

A última mudança do Leão ocorreu aos 29 minutos, quando Loss tirou Gedoz, melhor jogador do Vitória na partida, mas que aparentava cansaço e colocou o atacante Neto Baiano. A alteração não resultou em nada, já que a bola pouco chegava nos atacantes em condições de finalização e o Leão saiu com mais uma derrota dentro de casa.

A equipe só volta a campo na sexta-feira (19), no Barrdão, às 21h30, quando enfrenta o Criciúma, pela competição nacional.

*Sob a supervisão doeditor Léo Santana