Esporte

Seg, 08/07/2019 | Atualizado em: 08/07/2019 às 04h02


Esporte

chuva de alegria contagia a barra

Everton Santos*
A+ A-

Nem a chuva e os ventos fortes impediram o torcedor baiano de ir à Barra na tarde de ontem para torcer para o Brasil na final a Copa América. Durante o jogo, o 'toró' não deu trégua e para driblar o frio algumas pessoas cantavam e pulavam durante o jogo.

A torcida não demorou a comemorar o gol da Seleção marcado por Everton 'Cebolinha', fazendo a Barra parecer um estádio de futebol. O tento anotado por Guerrero não deixou os brasileiros calados, já que alguns minutos depois Gabriel Jesus colocou o Brasil de volta à frente do placar.

E tinha torcedor até de outro estado em clima de festa e aproveitando a energia da Bahia. Foi o caso do manauara Erudes Ruben, de 24 anos. O vendedor que estava no local com a esposa e os filhos, incluindo uma bebê de cinco meses, disse que não se importava em asssitir o jogo debaixo de chuva por causa da boa enrgia dos baianos. O mesmo vale para Ingrid Freitas, de 18 anos. Para ela, assistir o jogo do sofá, ainda que em dia de chuva não teria a mesma graça.

No segundo temnpo, a alegria continuou, mesmo após a expulsão de Gabriel Jesus. E, após o terceiro gol, o grito de "é campeão" que estava preso na garganta, finalmente foi colocado pra fora e debaixo de muita chuva a torcida passou a comemorar um título da Seleção após seis anos.