Nas Ruas

Sex, 05/07/2019 | Atualizado em: 05/07/2019 às 04h02


Nas Ruas

Reajustes nas verbas atrapalham tratamento

Luan Borges*
A+ A-

Desde o ano passado, o Ministério da Saúde (MS) vem fazendo reajustes nas verbas direcionadas aos municípios que fazem o tratamento de pessoas com glaucoma. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Salvador (SMS), a capital baiana é uma das mais prejudicadas com essa ação, uma vez que a doença acomete 37 mil pessoas na capital e os custos no tratamento são superiores ao valor de repasse feito pelo Ministério.

O glaucoma acomete, principalmente, afrodescendentes, e, dos 2,9 milhões de habitantes de Salvador, segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, 79% da população se autodeclara preta e parda.