Nas Ruas

Seg, 01/07/2019 | Atualizado em: 01/07/2019 às 04h02


Nas Ruas

Manifestantes realizam ato pró-Bolsonaro e Moro na orla

Luan Borges*
A+ A-

Em Salvador, cerca de 10 mil manifestantes ocuparam a Avenida Oceânica, na manhã de ontem, a partir do Farol da Barra, com bandeiras e camisas verde-amarelo em favor do ministro da Justiça, Sérgio Moro, e dos projetos do governo Bolsonaro. A mobilização, organizada por grupos como o Movimento Brasil Livre (MBL) e o Vem Pra Rua (VPR), teve como pauta central o apoio ao ministro Moro, ex-juiz da Operação Lava Jato, cujas conversas com procuradores do Ministério Público foram vazadas e publicadas pelo site The Intercept Brasil, no último dia 09 de junho.

Em defesa do ministro, manifestantes caminharam do farol da Barra até o Morro do Cristo, parando em alguns pontos para ouvirem declarações de apoio dos representantes de grupos de tendência direitista. A idealizadora do movimento Direita Independente da Bahia (DIP), Rebeca Martins, fez duras críticas ao site The Intercept. "Eu sou advogada há 20 anos e me deu vontade de dar risada quando vi o vazamento do Intercept. O que tem na conversa é tudo muito natural, não é muito diferente do que acontece em todo o judiciário do Brasil", disse.

O policial militar e integrante do MBL do Rio de Janeiro, Gabriel Monteiro esteve na manifestação de Salvador. O ativista fez provocações às pessoas que acusam o ministro e ex-juiz da Lava Jato. "Eu quero saber onde está na conversa dizendo que Moro vendeu a sentença! Quero ver na conversa ele falando que vai condenar o Lula porque recebeu dinheiro", comentou.

* Sob a supervisão da jornalista Hilcélia Falcão