Nas Ruas

Sex, 28/06/2019 | Atualizado em: 28/06/2019 às 04h02


Nas Ruas

Sobram vagas para mamografia na capital

Luan Borges*
A+ A-

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), cerca de 120 mulheres morrem em Salvador anualmente vítimas do câncer de mama. Mas a pasta municipal também divulgou que, de janeiro a maio deste ano, foram ofertadas 39 mil vagas para a realização gratuita de mamografia. Desse número, 27 mil fizeram o agendamento, mas apenas 15 mil compareceram. Porém, o que mais preocupa a secretaria é que as outras 12 mil vagas ficaram sem preenchimento. A coordenadora municipal da Saúde da Mulher, Sandra Marques, explica que quando uma mulher procura uma unidade de saúde para marcar o exame e a rede detecta marca atingida, "ela é orientada a voltar no dia seguinte, mas muitas delas esquecem e acabam não retornando". Estudos estão sendo realizados para descobrir porque sobram tantas vagas na capital baiana.

* Sob a supervisão da editora Meire Oliveira