Nas Ruas

Qua, 26/06/2019 | Atualizado em: 26/06/2019 às 04h03


Nas Ruas

Aeroporto vira palco de problemas

Roberto Aguiar
A+ A-

Passageiros seguem enfrentando problemas no aeroporto de Salvador. Na última quinta-feira (20), ocorreu um apagão na pista principal do terminal aéreo. Um trabalhador terceirizado morreu ao tentar restabelecer a iluminação. Pousos e decolagens foram suspensos.

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Nelson Leal (PP), vai formalizar hoje um pedido de audiência pública para que a Vinci Airports, concessionária que administra o aeroporto, explique sobre o caos ocorrido durante o feriadão de São João e os jogos da Copa América.

Em nota, a Vinci Airports comunicou que o balizamento luminoso da pista principal foi restabelecido por completo às 20h do sábado (22). A concessionária também informou que a pista principal do aeroporto "vem passando por intenso trabalho de requalificação para sua adequação a padrões internacionais de segurança operacional".

Ainda em nota, a Vinci Airports defendeu as intervenções que realiza no aerporto. Disse que dejetos não são mais jogados no rio Joanes, que o aeroporto não tem mais 80% de lâmpadas queimadas na sinalização da pista e com a finalização das obras não terá um "armengue elétrico".

A Infraero, que administrava o aeroporto antes da Vinci, disse, em nota, que "entregou um terminal alinhado com o plano de transição operacional, elaborado conjuntamente com a Vinci Airports".