Plantão

Qua, 05/06/2019 | Atualizado em: 05/06/2019 às 08h06


Plantão

'Artilharia' no baba foi fatal para novinho

Nicolas Melo
A+ A-

"Tiraram ele de mim. Meu filhinho querido morreu. Ele morreu e não vai mais voltar", disse, repetidas vezes, a avó de Carlos André dos santos Spínola, 16 anos, morto após levar um tiro na virilha.

O rapaz foi baleado no último sábado (1º), na 2ª Travessa 14 de Julho, localidade conhecida como Bariri, em Periperi.

De acordo com familiares, Carlos estava jogando bola com alguns colegas, quando quatro homens chegaram atirando para todos os lados.

"Algumas pessoas vieram nos contar que ele estava caído na rua", relembrou Nadjane de Jesus Spínola, 40, o momento de pânico em que o rapaz foi socorrido, ainda com vida, para o Hospital do Subúrbio.

"Ele perdeu muito sangue. Chegou a receber bolsa de sangue no hospital, mas não resistiu, meu sobrinho não resistiu", continuou Nadjane, acrescentando que "todo mundo saiu correndo na hora. É comum as pessoas correrem quando isso acontece, quando chegam atirando. Se eles estavam atrás de alguém, não sabemos, mas o que sei é que levaram uma vida boa, uma alma jovem, um menino direito".