Nas Ruas

Ter, 21/05/2019 | Atualizado em: 21/05/2019 às 13h01


Nas Ruas

ADEUS Embaixadores são cremados

Luan Borges*
A+ A-

Lágrimas, silêncio e abraços marcaram as despedidas ao embaixador do Brasil no Líbano, Paulo Cordeiro de Andrade Pinto e da embaixatriz Vera Lúcia Estrela de Andrade Pinto, no Cemitério Jardim da Saudade, na manhã de ontem, em Brotas.

Paulo e Vera, naturais de Salvador, estavam de férias no sul da Itália quando, no último dia (8), o casal estava em um táxi que ficou completamente destruído ao colidir com um caminhão.

"É um momento muito surreal, pois os meus pais ainda tinham muito para contribuir com o Brasil. Em todos os lugares, eles representavam muito bem o nosso País, a nossa Bahia e tinham muito orgulho disso", comentou o filho João Matheus.

O general Marcos André, comandante da 6ª Região Militar, afirmou que, em prestígio ao embaixador, solicitará ao Centro de Operações Conjuntas do Exército, Marinha e Aeronáutica, que conceda um lugar materializado com o nome de Paulo.

A representante do Ministério das Relações Exteriores (MRE), Marcela Nicodemos lamentou. "Paulo era um ótimo profissional. O Brasil e todos nós perdemos um grande diplomata", disse.

O Ministério das Relações Exteriores enviou uma coroa de flores ao velório do casal e, em nota, prestou condolências pelo ocorrido. "O Ministério expressa aos familiares e amigos do embaixador Paulo Cordeiro e da embaixatriz Vera Estrela sua solidariedade".

O casal deixa três filhos: Pedro, João Matheus e Gabriel.

* Sob a supervisão da editora Meire Oliveira