Nas Ruas

Sáb, 11/05/2019 | Atualizado em: 11/05/2019 às 05h01


Nas Ruas

Tombou Temporal derruba uma das 'Gordinhas' de Ondina

Tainá Cristina*
A+ A-

Por conta do temporal que atingiu a capital baiana no início da madrugada de ontem e uma oxidação na estrutura de sustentação feita de ferro, a escultura Mariana do conjunto de obras "Meninas do Brasil", popularmente conhecidas como 'As Gordinhas', tombou sobre o gramado, em Ondina.

Conforme a Defesa Civil (Codesal), os fortes ventos chegaram a 40 km/h na capital. Além disso, no bairro de Ondina, foram registrados, desde a última terça-feira até as 11h30 de ontem,19,8 milímetros de chuvas. Para hoje, são esperadas pancadas de chuvas fracas a moderadas, com riscos de alagamentos e deslizamentos de terra.

Encarregados pelo reforço da estrutura, agentes da Sucop realizaram a remoção da escultura. Além disso, a Fundação Gregório de Mattos, também responsável pela obra, realizará a restauração da estátua, que sofreu arranhões com a queda. A recuperação deve ser concluída em até 10 dias.

Vestidas com um camisão lilás, em homenagem ao mês de conscientização sobre o Lúpus, o monumento "As Meninas do Brasil" é da artista plástica Eliana Kertész, produzido em bronze e instalado, em Ondina, no ano de 2004. "É uma tristeza ver o monumento nessa situação, fiquei muito desanimada. As Gordinhas são símbolos importantes para a cultura de Salvador e para nós mulheres. Vestimos o camisão e acho interessante fazer essa homenagem, além da conscientização, mostrar que as mulheres gordinhas também merecem todo o respeito. Que consertem e façam um bom reparo", frisou a integrante da Associação Lúpicos Organizados da Bahia (Loba), Jacira Conceição.

* Sob a supervisão da editora Meire Oliveira