Nas Ruas

Sáb, 11/05/2019 | Atualizado em: 11/05/2019 às 05h01


Nas Ruas

Rodoviários planejam greve para quinta-feira

Raul Aguilar e Silvânia Nascimento
A+ A-

O Sindicato dos Rodoviários da Bahia planeja dar início a uma greve por tempo indeterminado na próxima quinta-feira (16), após não chegar a um acordo em reunião realizada no final da manhã de ontem, na sede da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego da Bahia (SRT/BA), no Caminho das Árvores.

Os empresários ofereceram um reajuste de 3,3%, 0,6% a mais que o ofertado no último encontro com os rodoviários, que foi de 2,7%, mas mantiveram as contrapartidas, que preveem, entre outras coisas, compensação em folga para horas extras e o fim da folga em um domingo no mês.

O diretor do Sindicato dos Rodoviários, Hélio Ferreira, afirmou que o valor oferecido foi desrespeitoso. "Os empresários estão empurrando os trabalhadores para uma greve, o que aconteceu hoje foi um desrespeito com toda categoria do transporte público. A inflação do mês ficou em 5% e eles oferecem 3%, e ainda querem impor contrapartidas que prejudicam toda categoria", pontuou Hélio.

O sindicato deu um prazo até a próxima segunda (13) para os empresários oferecerem uma contraproposta.

Assessor de relações sindicais da Integra Salvador, Jorge Castro disse que os rodoviários não querem dialogar. "Eles continuam batendo na tecla dos 8% de reajuste e não querem debater. Nós oferecemos 3,3%, que é o custo que podemos arcar nesse momento, mas eles não quiseram ouvir e nem ofereceram nenhuma contraproposta para que pudéssemos analisar", lamentou Jorge.