Esporte

Sex, 10/05/2019 | Atualizado em: 10/05/2019 às 05h03


Esporte

alívio na toca do leão

Léo Santana
A+ A-

Depois de três meses, mais precisamente 13 jogos, o Vitória voltou a vencer no último fim de semana, quando bateu o Vila Nova pela 2ª rodada da Série B do Brasileirão, tirando um peso das costas. E um dos responsáveis por este resultado, que deixou o ambiente um pouco mais tranquilo na Toca, foi o meia Felipe Garcia.

'Herói improvável', já que atuou em apenas quatro partidas, nenhuma como titular, o jogador foi fundamental no gol que decretou a vitória rubro-negra, ao roubar a bola que deu origem ao segundo tento marcado por Ruan Levine. Em entrevista coletiva ontem no Barradão, Felipe assumiu que os três pontos conquistados deram mais confiança a ele e ao time para a sequência da temporada.

"Alívio, né? Alguns jogos que não vencia, e a gente estava precisando dessa vitória para ter uma semana de confiança", disse.

Em relação às alterações que estão acontecendo dentro do Barradão, o jogador reconheceu que "é difícil para nós trabalharmos com tantas mudanças, mas entendemos que é um processo que não tinha como mudar. Então, a gente vai focando no trabalho".

E as mudanças ocorreram também no time, onde jogadores da divisão de base, como os atacantes Caíque Silva e Ruan Levine foram promovidos recentemente. Ontem, o jovem David Conceição, do time sub-20, ganhou uma chance de treinar na equipe principal, e Felipe Garcia vê estas oportunidades dadas aos garotos com bons olhos.

"Independente da idade estamos sempre evoluindo, aprendendo. [...] A confiança do presidente, diretoria, treinador estão dando para os mais novos, e só o Vitória tem a ganhar com isso", completou o jogador.

Então, que, com garotos e heróis improváveis, o Leão possa triunfar cada vez mais e dar alegria à torcida.