Esporte

Seg, 06/05/2019 | Atualizado em: 06/05/2019 às 12h12


Esporte

Vitória em campo com o coração na ponta da chuteira

Amanda Souza*
A+ A-

Jogou como sempre, mas ganhou como nunca. Sem brilho e cometendo os mesmos erros, o Vitória foi levantado pela torcida que foi ao Barradão. Os 8.058 torcedores que viram o Leão sair perdendo para o Vila Nova, ficaram felizes com a virada.

Mas, além do triunfo, viram também um novo nome surgir: Ruan Levine. O garoto da base de apenas 20 anos, em sua estreia pelo profissional, marcou os dois gols do primeiro triunfo do Vitória na Série B.

Foi como tirar um peso das costas. Há 13 partidas sem vencer, o Leão conseguiu dar o primeiro passo para a recuperação.

Não foi uma partida de melhor exibição técnica. O Vitória repetiu o mesmos erros anteriores, mas conseguiu carregar o jogo na emoção da torcida.

O treinador Cláudio Tencati reconheceu a importância. "Gostaria de agradecer o torcedor pela confiança. Essa parte da energia positiva na arquibancada, mesmo nos momentos difíceis".