Viver Bem

Seg, 06/05/2019 | Atualizado em: 06/05/2019 às 12h12


Viver Bem

Crescimento exige atenção

Tânia Araújo
A+ A-

O aumento benigno da próstata atinge cerca de 25% da população masculina com mais de 50 anos, conforme dados do Ambulatório de Urologia do Centro de Referência da Saúde do Homem. Após os 80 anos, sua taxa de incidência pode chegar a 90%.

De acordo com o diretor clínico do CRIEP, Francisco Cesar Carnevale, o tamanho da próstata começa a aumentar naturalmente por volta dos 45 anos. "Essa condição, chamada Hiperplasia Prostática Benigna (HPB), atinge cerca de 14 milhões de brasileiros. A HPB, doença muito comum nos homens, é capaz de prejudicar a qualidade de vida e afetar a vida sexual", afirma o especialista.

A Embolização das Artérias Prostáticas (EAP) é um método minimamente invasivo que alivia os sintomas da HPB. A técnica, realizada por via endovascular, reduz o fluxo de sangue para as artérias que irrigam a próstata.

De acordo com o médicoFrancisco, o procedimento é feito com anestesia local e o paciente recebe alta algumas horas após a intervenção. "O objetivo é reduzir o volume e alterar a consistência da próstata, tornando-a mais macia ", explica Carnevale.