Esporte

Sáb, 04/05/2019 | Atualizado em: 04/05/2019 às 17h40


Esporte

É pra brocar Nada como um jogo para tirar a dúvida

Felipe Paranhos
A+ A-

O Bahia responderá, amanhã, às 19h, uma pergunta: afinal, qual é o verdadeiro Esquadrão? O que domina o Corinthians ou o que tropeça no Botafogo? Embora o Avaí, adversário do dia, não seja parâmetro para as metas do Tricolor na Série A, ao menos a torcida que lotará a Arena Fonte Nova vai poder ajustar suas expectativas a depender do que vir em campo.

Isso porque a diferença de atenção e foco entre a estreia e a 2ª rodada chamou a atenção. As falhas, mais ainda. A defesa falhou coletivamente no primeiro gol alvinegro, deixando Erik sozinho desde a cobrança de escanteio; e individualmente no segundo e terceiro, com Ernando e Moisés – embora o zagueiro tenha lhe dado uma bola na fogueira.

Foi justamente Ernando quem falou na volta do elenco. Ainda no aeroporto, o defensor comentou o vacilo de 18 minutos que gerou três gols do adversário. "No início do jogo, nossa equipe foi ofensiva, tanto que conseguimos o gol com 5 minutos. Depois a gente recuou um pouco e isso trouxe o Botafogo pro nosso campo. E acabou que num lance de bola parada eles conseguiram o empate, e isso fez com que a equipe deles crescesse. Depois que empataram, nossa equipe jogou mal, tanto que tomamos mais dois gols", analisou o jogador, que é um dos que mais precisa melhorar no setor defensivo tricolor.

Ao menos, Ernando sabe que o Bahia desperdiçou pontos que deveriam ser dele. "Temos que corrigir os erros que cometemos nessa partida, porque eram pontos cruciais para nossas metas no campeonato. Não há tempo pra lamentar", afirmou.

Apesar de o Esquadrão só ter o treino de hoje para tentar consertar o que não deu certo, espera-se no mínimo uma atuação convincente. Quem mira a primeira metade da tabela não pode cometer vacilos seguidos.