Plantão

Qui, 02/05/2019 | Atualizado em: 02/05/2019 às 19h02


Plantão

Maldade Cobrador é assassinado por ladrões

Euzeni Daltro
A+ A-

Se pudessem escolher uma palavra para definir o cobrador de ônibus Luan Felipe Rodrigues, 23 anos, os familiares dele optariam pela alegria. Luan era um cara divertido e brincalhão e, por isso mesmo, questões relacionadas à violência urbana não faziam parte das conversas dele com parentes e amigos. Não passava pela cabeça dele ser vítima da violência.

Na noite de terça (30), Luan foi assassinado a tiros quando passava de moto pela Avenida Gal Costa, próximo ao canteiro de obras de duplicação da via, no bairro de Pau da Lima. O corpo dele foi sepultado na tarde de ontem, no Cemitério da Ordem Primeira de São Francisco, na Quinta dos Lázaros.

Até o momento, a Polícia Civil trabalha com a hipótese de que ele teria sido vítima de uma tentativa de roubo. Mas essa versão ainda não foi confirmada pelo Departamento de Homicídios (DHPP), conforme informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA).

Tia de Luan, a funcionária pública Juranilda Rodrigues, 42, contou que soube por transeuntes que o sobrinho foi abordado por dois homens que também estavam em uma motocicleta.

"Os motociclistas deram a voz de assalto e, com certeza, ele reagiu. Porque ele não ia entregar a moto dele. Isso eu tenho certeza", afirmou a tia, visivelmente abalada.