Nas Ruas

Qui, 02/05/2019 | Atualizado em: 02/05/2019 às 19h02


Nas Ruas

Protesto reúne trabalhadores no Farol

Roberto Aguiar
A+ A-

Centenas de trabalhadores foram ao Farol da Barra para manifestação unitária das centrais sindicais no Dia do Trabalhador. A rejeição ao projeto de reforma da Previdência foi a pauta central do protesto. "A necessidade de unir a classe trabalhadora para derrotar o projeto de reforma da Previdência de Bolsonaro e manter o direito à aposentadoria fez com que todas as centrais se unissem em todo o País", disse Cedro Silva, presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT-BA).

Para Aline Costa, coordenadora da Central Sindical e Popular (CSP) Conlutas, a luta também tem que ser contra os governos estaduais. "Aqui na Bahia, Rui Costa elevou de 12% para 14% a alíquota de contribuição de servidores à Previdência. Agora, corta os salários dos professores das universidades estaduais em greve. Isso não podemos aceitar", afirmou.

O Sindicato das Domésticas da Bahia (Sindoméstico), Coletivo Feminista Classista Ana Montenegro e o Movimento Mulheres em Luta (MML) também marcaram presença com faixas e bandeiras contra a reforma da Previdência.