Plantão

Seg, 29/04/2019 | Atualizado em: 29/04/2019 às 05h01


Plantão

PM mata delega após suposta abordagem

ANDREZZA MOURA
A+ A-

O Sindicato dos Policiais Civis (Sindpoc) contestou, em nota, a versão apresentada por policiais militares do 15º Batalhão da Polícia Militar (BPM/Itabuna) para justificar a morte do delegado José Carlos Mastique de Castro Filho, na madrugada de ontem, em um posto de combustível em Itabuna – a 315 km de Salvador.

Em versão oficial, a Polícia Militar informou que o delegado foi baleado ao reagir a uma abordagem dos PMs. A guarnição teria sido acionada para atender a uma denúncia de roubo no local.

Conforme a nota do Sindpoc, José Carlos Mastique foi atingido no peito após se identificar como policial civil e se dirigir ao seu veículo, onde pegaria a arma para entregar aos PMs.

Momentos antes, ele teria tentado intervir em uma briga de casal, na qual um policial militar de folga e supostamente embriagado agredia a namorada. O autor do tiro fatal no delegado, segundo informações do Sindicato dos Policiais Civis, foi um cabo de prenome Cleomário.