Esporte

Qua, 24/04/2019 às 12h27 | Atualizado em: 24/04/2019 às 12h53


Esporte

Esquadrão com muitas novidades

Felipe Paranhos
A+ A-
Presidente explica formato da ‘equipe de transição’ e promete anunciar hoje contratação de lateral-direito - Divulgação | Felipe Oliveira | EC Bahia
Presidente explica formato da ‘equipe de transição’ e promete anunciar hoje contratação de lateral-direito
Divulgação | Felipe Oliveira | EC Bahia

 

“Nino Paraíba, nós gostamos de você”, diz o canto que começou irônico e tem sido adotado a sério. Mas, apesar de bem quisto, o lateral do Bahia vai ter uma sombra – como revelou o presidente Guilherme Bellintani, ontem, no YouTube. O dirigente também explicou como será a nova Equipe de Transição, que substituirá o elenco Sub-23.

Bellintani afirmou que até hoje será anunciado um novo lateral-direito e prometeu até quatro reforços no total no início do Brasileirão, mas não quis elevar expectativas. “Tem posições muito difíceis no futebol brasileiro hoje. Atletas que estão jogando fora só na janela, em junho, e a gente não gostaria de esperar, porque são nove rodadas do campeonato até lá. (...) Temos no mercado uma imagem de honrar compromissos, de o jogador vir pra cá e ter ambiente de trabalho. Isso facilita, mas não garante”, falou, ressaltando que outros clubes estão enfrentando problemas similares, como o Grêmio, que só tem três zagueiros no grupo profissional.

O time gaúcho foi citado como exemplo também no lançamento da nova Equipe de Transição, comandada pelo técnico Dado Cavalcanti. O dirigente citou a tendência de os clubes terem ‘times B’ fortes para o cansativo calendário nacional. “É a evolução do projeto do Sub-23. A gente começa um trabalho que nos aproxima de outros clubes que fazem isso de forma bem sucedida. Cito o Grêmio, que tem uma equipe B muito forte, o Athletico Paranaense, que já se destacou nesse trabalho, o próprio Palmeiras”, enumerou.