Esporte

Sex, 12/04/2019 às 13h25 | Atualizado em: 12/04/2019 às 13h40


Esporte

Arena Fonte Nova pode ficar sem a ‘cara’ do Bahia

FELIPE PARANHOS
A+ A-
Juiz determina retirada de plotagens, placas e peças publicitárias do Bahia - Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia
Juiz determina retirada de plotagens, placas e peças publicitárias do Bahia
Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

 

A Fonte Nova é a casa do Bahia. Mas o Esquadrão é que nem você que paga aluguel: pode até morar ali, mas quem decide as cores das paredes é o dono. Em suma, foi isso que determinou ontem o juiz Glauco Dainese de Campos, ao julgar uma ação popular quer reclamava da publicidade do Tricolor na Arena. Com isso, todas as plotagens, placas e peças publicitárias do clube terão de ser retiradas em um prazo de 15 dias. Se o Tricolor descumprir a determinação, vai ter de pagar R$ 20 mil por dia.      

A Loja do Bahia não será atingida, pois está amparada por contrato. No Twitter, o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, lamentou a decisão, mas comemorou o fato de que o ponto comercial não foi fechado, já que tem rendido boas receitas. “O faturamento da loja previsto par 2019 será alcançado já no mês de maio. Decisão importante para o planejamento do clube”, postou.

Segundo Bellintani, o clube vai tentar esclarecer se a determinação vale apenas para os dias sem partidas do Bahia. “Caso seja determinada a retirada das plotagens nos momentos dos jogos, isso certamente afetaria todos os eventos realizados na Arena. Se for, cada evento realizado na Arena estaria proibido de portar sua marca. Não acredito que seja o caso. Por segurança, consultaremos a Justiça”, declarou o mandatário tricolor, que também é advogado.