Viver Bem

Ter, 12/03/2019 | Atualizado em: 12/03/2019 às 14h45


Viver Bem

Quem não arrisca, não petisca!

Amanda Souza*
A+ A-

Fazer uma escolha, por mais simples que pareça, pode ser uma tarefa muito difícil. Os medos e inseguranças do desconhecido podem ser fatores que dificultam as decisões.

Quando o assunto é carreira, a importância das decisões tem maior peso. Seja no início, na hora de trocar de emprego, de cargo, tudo pode causar grande preocupação.

A psicóloga Jamile Vilas Boas conta que a grande limitação nesses momentos é o medo de trocar o certo pelo duvidoso. "No momento de fazer uma escolha, o profissional é tirado da zona de conforto, o que causa tensão em conhecer o novo", fala a especialista.

Jamile Vilas Boas ainda destaca que é preciso ponderar algumas situações. "O que essa possível mudança significaria na sua vida?", questiona.

Na maioria das vezes, existe a insatisfação profissional. "Nesse caso, não tem outra opção que não arriscar novas oportunidades para encontrar a realização", explica.

Há pessoas que têm maior facilidade nesse processo, que são desapegadas das inseguranças normais de situações de mudança. Como é o caso de Ricardo Meira, 26 anos, que fez uma grande mudança.

"Eu estudava medicina, estava no terceiro semestre, quando percebi que não era pra mim. Hoje, curso economia e me enxergo num futuro de sucesso", conta o jovem.

A insegurança é um sentimento inerente ao ser humano. Porém, os medos não podem impedir você de correr atrás da própria realização profissional.

*Sob a supervisão do jornalista Tiago Lemos