Viver Bem

Sex, 01/03/2019 | Atualizado em: 01/03/2019 às 05h03


Viver Bem

Conjuntivite Cuidado com a saúde dos olhos em época de folia

Tânia Araújo
A+ A-

Um dos órgãos mais importantes do nosso corpo não podem ser deixado de lado durante o Carnaval. Os olhos, os espelhos de nossas almas, se não forem bem cuidados, podem acabar com a folia de toda uma família.

Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em 2018, a incidência de casos de conjuntivite aumentaram 1.123% em relação ao ano interior. Esse dado é extremamente preocupante, ainda mais se tratando de uma doença infectocontagiosa, ou seja, uma doença causadas por um agente biológico, por exemplo vírus, e que é extremamente contagiosa.

De acordo com o oftalmologista Viktor Dittebrandt, coordenador do Pronto Atendimento do DayHORC, são necessários cuidados extras com os olhos nessa época.

"A doença consegue ser transmitida muito fácil. Por exemplo, a pessoa com conjuntivite coça o olho e coloca a mão em um interruptor. Aí, logo vem outra pessoa e coloca a mão no mesmo lugar e depois coça o olho. Pronto, bastou isso para que a doença seja transmitida", explica o oftalmologista.

"A única forma de prevenir a conjuntivite é isolando o infectado", acrescenta. "Ano passado, tivemos um surto de um tipo de vírus muito forte, as pessoas ficavam mais de sete semanas infectadas. Agora, imagine isso acontecendo no Carnaval e depois dele? As pessoas voltam às suas rotinas normais, escola, trabalho, e isso tudo facilita a transmissão", pondera Viktor Dittebrandt.