Plantão

Ter, 26/02/2019 | Atualizado em: 26/02/2019 às 05h02


Plantão

Brutal Apelo veio logo após o depoimento

Vladimir Platonow
A+ A-

Agência Brasil

A paisagista Elaine Caparroz, brutalmente agredida durante um encontro, pelo advogado Vinícius Serra, fez um apelo para que vizinhos ajam e chamem a polícia sempre que escutarem uma mulher pedindo por socorro. Ela prestou depoimento ontem, na 16ª Delegacia de Polícia, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, à delegada Adriana Belém.

"Eu acho que isso é uma coisa importante, porque se tivesse alguém arrombado a porta, eu não teria passado tudo o que eu passei. Então é muito importante que alguém, quando ouve por socorro, realmente dê o socorro", disse Elaine, ainda visivelmente abatida e com as marcas das agressões no rosto e no corpo.

Ela também fez questão de agradecer às pessoas que a socorreram, após a sessão de agressões impetrada por Vinícius, o jovem que ela conheceu pela internet e o recebeu em seu apartamento, no último dia 16.

"Eu quero agradecer às pessoas que salvaram a minha vida, porque quando fui encontrada, estava praticamente morta. Gostaria de agradecer a todo o trabalho impecável da polícia e espero que a Justiça ratifique esse trabalho, porque eu estou tendo a oportunidade de expor tudo o que eu passei, mas muitas mulheres não têm essa oportunidade. Espero que isso mude no Brasil, que a Justiça possa dar uma atenção maior para a gente conseguir combater esse tipo de crime", declarou Elaine.