Plantão

Sex, 22/02/2019 | Atualizado em: 22/02/2019 às 05h02


Plantão

Latrocínio Dupla que matou turista é presa

Andrezza Moura
A+ A-

Para Lucas Amâncio de Souza, 22 anos, o Chuck, a morte do argentino Luiz Daniel Barizone, 65, foi uma fatalidade. "Foi uma besteira, uma burrice o que aconteceu. Na hora, foi todo mundo para o chão, começou a aparecer sangue. Aí, fiquei desesperado e saí correndo. Só soube que ele tinha morrido, quando fui preso", relatou ele, revelando estar arrependido de ter praticado o crime.

Chuck foi detido por força de um mandado de prisão temporária, na noite de quarta-feira (20), por policiais da 15ª CIPM (Itapuã), próximo à Lagoa do Abaeté, em Itapuã. Ele confessou à polícia ter esfaqueado e matado o turista durante um latrocínio (roubo com resultado morte), na noite de terça-feira (19), na Rua Farol de Itapuã, atrás da Vila Naval. Luiz teria reagido à ação criminosa.

O comparsa de Chuck, Danilo dos Santos Lima, 18, o Novato, foi preso por investigadores da 12ª Delegacia (Itapuã) e do Departamento de Homicídios, ontem de manhã, em casa, em Nova Brasília de Itapuã, após ser delatado por Chuck.

A faca usada na ação foi encontrada numa rua próxima ao local do crime e encaminhada ao Departamento de Polícia Técnica.

"Ao avistar a guarnição, ele (Chuck) tentou correr, o que despertou a atenção dos policiais. Logo depois do fato, começamos a fazer levantamento na área para saber quem costumava roubar usando faca. Já tínhamos todas as características", contou o major Marcelo Franco, comandante da 15ª CIPM.