Nas Ruas

Qua, 20/02/2019 | Atualizado em: 20/02/2019 às 05h07


Nas Ruas

Muita confusão para cadastrar ambulantes

Juliana Salles*
A+ A-

O último dia de cadastramento presencial para trabalhar como ambulante no Carnaval de Salvador foi marcado por tumulto e confusão. Durante a tarde de ontem, centenas de pessoas lotaram a sede da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), na avenida Cardeal Avelar Brandão Vilela, no bairro Mata Escura.

As inscrições foram abertas na última segunda, sendo disponibilizadas duas mil vagas. Dessas, 50% foram disponibilizadas para inscrições pela internet, e as outras 50% foram presenciais.

Muitas pessoas foram para o local ainda na noite de segunda-feira e dormiram na fila para conseguir fazer o procedimento.

"Um absurdo o que estamos passando aqui. Eu cheguei por volta das 10 da manhã e até agora não consegui entrar. Estou desempregada e tenho dois filhos para sustentar, eu preciso trabalhar", relatou Maria Isabel, 45 anos.

De acordo com o secretário da Semop, Felipe Lucas, a demanda de vendedores foi maior que as vagas disponíveis. "Ficamos tristes por não conseguir ajudar a todos. E compreendemos que muitas pessoas estão desempregadas e essa é uma maneira de equacionar a renda. Mas, infelizmente, não podemos inserir um volume maior, por fatores de espaço e estrutura do Carnaval", justificou.

* Sob a supervisão da editora Meire Oliveira