Plantão

Qua, 20/02/2019 | Atualizado em: 20/02/2019 às 05h07


Plantão

Foi arrancada de casa para ser executada

Euzeni Daltro
A+ A-

Cristiane Teixeira do Nascimento, 29 anos, foi sequestrada na casa onde morava, no bairro de São Caetano, e executada com tiros na cabeça na madrugada de ontem. O corpo dela foi encontrado no início da manhã, na Rua do Tio Juca, no IAPI. Ela dormia no momento em que teve a residência invadida, conforme informou a assessoria de imprensa da Polícia Civil.

A polícia não informou, no entanto, quantas pessoas invadiram o imóvel, tampouco se há relação entre o sequestro e assassinato de Cristiane e o assassinato de um homem na Capelinha de São Caetano, na noite de segunda-feira (18). A execução do homem, cuja identidade não foi divulgada, motivou o reforço das forças de segurança no bairro de São Caetano e região.

A Rua do Tio Juca, no IAPI, onde Cristiane foi encontrada morta, é uma área industrial e, por isso, pouco movimentada, sobretudo à noite. "Isso aqui fica um breu. Essa morte foi na madrugada. O pessoal que chega para trabalhar às 5h já achou o corpo aí", disse um homem que trabalha na região.

O corpo de Cristiane foi encontrado ao lado de uma distribuidora de livros.