Plantão

Qua, 20/02/2019 | Atualizado em: 20/02/2019 às 05h07


Plantão

Fim da trégua na Capelinha de São Caetano

Rodrigo Meneses
A+ A-

O bairro Capelinha de São Caetano registrou o terceiro assassinato em um intervalo de menos de 24 horas: dois na noite de domingo (17) e um na segunda-feira (18) à noite. Segundo informações iniciais da PM, a disputa de território entre bandidos da Santa Luzia do Lobato e da localidade Cirlândia, na Capelinha, pode estar por trás das mortes. Os bairros são vizinhos e têm histórico de confrontos entre criminosos.

A última vítima foi um homem de identidade ainda ignorada baleado várias vezes na cabeça, na Rua 1º de Janeiro. De acordo com o major José Barros, comandante da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Pirajá), dois homens fizeram os disparos. A vítima estava na Rua Cirlândia quando começou a ser alvejada e acabou caindo na Rua 1º de Janeiro, onde uma mulher de 40 anos, que estava fechando o portão de casa, recebeu um tiro na coxa esquerda. No entanto, ela não era o alvo dos atiradores.