Nas Ruas

Sex, 15/02/2019 | Atualizado em: 15/02/2019 às 05h07


Nas Ruas

Coragem e dedicação nas buscas em Brumadinho

Raul Aguilar
A+ A-

Uma cerimônia no 1º Grupamento de Bombeiros Militar, na Barroquinha, marcou o retorno dos 31 bombeiros militares da Bahia que auxiliaram no resgate de corpos após o desastre com a barragem de Córrego do Feijão, da empresa Vale SA, em Brumadinho.

Atendendo à solicitação do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) enviou, no último dia 03 de fevereiro, 31 bombeiros especializados em busca e resgate em estruturas colapsadas (Brec) e busca e resgate de vítimas em deslizamento de barreiras. Os militares foram convocados para atuaram na chamada zona quente, áreas complexas, cujo acesso se dava através de helicópteros por conta da instabilidade do solo e dificuldade do acesso.

O major Ramon Dieggo participou da operação e destacou a importância da preparação. "Nos preparamos com antecedência, mas sabíamos que estávamos diante de um evento único no mundo. Encontramos um solo com alta viscosidade e densidade, com trechos de 10 a 15 metros de profundidade, onde o bombeiro pisava e afundava até o peito", revelou o major.

Segundo o comandante geral do CBMBA coronel Francisco Telles, o efetivo chegou em Brumadinho quando a terra estava no início do processo de solidificação. O coronel destacou que a atuação do CBMBA tinha o objetivo de levar conforto para os familiares das vítimas, oferecendo a oportunidade de enterrar seus familiares.