Nas Ruas

Qua, 30/01/2019 | Atualizado em: 30/01/2019 às 05h07


Nas Ruas

Crime cibernético cheio de racismo

Tainá Cristina*
A+ A-

Chamada de "macaca", "preta ridícula" e "nojenta", a coordenadora da entidade Abayomi e estudante de psicologia Gabriela Mel Girassol, 25 anos, moradora de Simões Filho, tem sido vítima de ataques racistas e ameaças de morte por meio das redes sociais. As agressões começaram por ligações e mensagens pelo WhatsApp. "Deixou claro que vai me matar com 16 tiros. Nas ligações, o suspeito só faz rir. Devido às investigações e apoio que venho recebendo, espero que essa pessoa seja encontrada e punida. Que a justiça seja feita", afirmou.

* Sob a supervisão da editora Meire Oliveira