Tá Quente!

Qua, 23/01/2019 | Atualizado em: 23/01/2019 às 05h02


Tá Quente!

Milícias Grileiros mandaram Marielle pra cova

Nana Matos
A+ A-

A TARDE SP

O MP e a Polícia Civil do Rio de Janeiro realizaram ontem uma operação para prender milicianos envolvidos em esquema de comercialização ilegal de terra. Os suspeitos podem ter envolvimento na morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

Os agentes, que também trabalham na investigação do caso da vereadora, tinham 13 mandados de prisão contra os acusados. Destes, apenas cinco foram cumpridos.

Entre os presos está o major da Polícia Militar Ronald Paulo Alves Pereira, que seria uma peça chave para as investigações sobre a morte de Marielle.

A promotora e coordenadora do Gaeco, Simone Sibilio, informou que todos os envolvidos serão ouvidos e que não está descartada a possibilidade de envolvimento no crime.

"A gente não descarta a participação no crime de Marielle Franco, mas não podemos afirmar isso neste momento. Não é o objeto da investigação", disse.

A suspeita é que a vereadora estava investigando o mesmo esquema quando foi morta.